Noticias

Urupês promove castração de animais de rua em prol da saúde pública

Urupês vem intensificando os esforços no sentido de garantir saúde pública de qualidade para os seus moradores. E foi também nesse intuito que, nos últimos meses, a Prefeitura promoveu uma ação de castração de cães e gatos de rua ou semidomiciliados. Ao todo, foram 120 procedimentos realizados por uma profissional especializada nos meses de agosto, setembro e outubro.
Voluntários da comunidade selecionaram os animais para o atendimento, priorizando as fêmeas, e os encaminharam para exames preliminares na Casa da Agricultura de Urupês após emitida a guia de autorização pela Sistema de Saúde Municipal. Posteriormente, sob consentimento dos responsáveis, os animais eram encaminhados para a castração na clínica.
A veterinária responsável foi Kelen Narducci. Ela explica que animais criados de maneira inadequada, com falta de guarda responsável, podem contribuir para o aumento indesejado da população de cães e gatos, possibilitando risco de zoonoses, mordeduras e atropelamentos.
Segundo ela, os procedimentos realizados na cidade tinham o intuito de "diminuir as ninhadas indesejadas, evitar agressividade motivadas por estímulos sexuais, diminuir os abandonos, evitar doenças geneticamente transmissíveis e de caráter zoonótico, assim como casos de atropelamento e crueldade com os animais".
Ainda de acordo com Kelen, felizmente, cerca de 70% dos ani-mais esterilizados foram adotados por tutores responsáveis.
Alex Natalino, para o Jusbrasil, diz que "além de cruel e desumano, abandonar animais em logradouros públicos é crime e quem cometê-lo deve ser punido com prisão, multa e perda da guarda do animal, de acordo as leis vigentes".



Fonte: http://avpgraficaejornal.com.br/layout/index.php/2018/11/30/urupes-promove-castracao-de-animais-de-rua-em-prol-da-saude-publica/