Noticias

Distiquíase em animais domésticos

RODRIGO EDUARDO DE BORTOLI | CRMV-SP 14.640 | Médico Veterinário

A Distiquíase é uma alteração que consiste no mau posicionamento de cílios, portanto, nascem ductos das glândulas tarsais localizadas nas margens palpebrais. A Distiquíase é uma condição genética e normalmente é múltipla, e muitas vezes, mais de um cílio sai de um único ducto, podendo se direcionar ao encontro do globo ocular.
Esses cílios mal posicionados, além de causarem um desconforto enorme aos pets, podem acarretar problemas ainda maiores e mais sérios como: irritações (conjuntivite, blefarite, hifema, etc.), aumento de secreções, úlceras, perfurações corneanas, etc.
Os sinais clínicos são comuns à muitas outras doenças oftálmicas, por isso, a importância em um diagnóstico precoce e preciso, afim de iniciar o tratamento o quanto antes e da maneira mais correta e eficaz.
Coceira, aumento de secreção, dor, incômodo, intolerância à luz/claridade são alguns desses sintomas.
Ao perceber seu animal cabisbaixo, com um ou ambos os olhos com dificuldade de mantê-los abertos, coçando procure imediatamente o profissional Médico Veterinário, pois os casos oftálmicos estão entre as doenças que mais rápido avançam e trazem complicações, por vezes tão ou mais sérias que a sua causa de origem.



Fonte: http://avpgraficaejornal.com.br/layout/index.php/2018/11/30/distiquiase-em-animais-domesticos/